Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social e Habitação tem gestão marcada por diversas açõe

14/01/2019

A Secretária do Trabalho, Desenvolvimento Social e Habitação de Augustinópolis, Marlene Xavier, fez um balanço da secretaria e destacou as principais ações desenvolvidas ao longo de 2018, ressaltando os avanços e as conquistas da gestão. Para a secretária, a sensação é de dever cumprido por realizar vários projetos no ano e encaminhar outras ações para 2019.

Dentre as ações desenvolvidas em 2018, Marlene Xavier destaca que Centro Vocacional Tecnológico (CVT) foi todo equipado e, assim, pode sediar diversos eventos importantes em Augustinópolis. Hoje, o Centro conta um Laboratório de Informática, Laboratório de Confecção, Sala Multifuncional e busca atender a comunidade que busca capacitação para ingressar no mercado de trabalho.

Também em 2018, a Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social e Habitação conquistou sede exclusiva para a pasta e conseguiu capacitar 90% dos servidores que atuam na atual gestão. Ao longo do ano também foram atendidas escolas, entidades socioassistenciais e programas sociais por meio do Compra Direta Local, com doação simultânea que beneficiou a comunidade vulnerável e produtores da Agricultura Familiar.


"Reativamos o Programa ACESSUAS/Trabalho, fazendo o levantamento da comunidade desocupada e com expectativa de oportunidades de crescimento pessoal e profissional. Por meio do Programa, a comunidade de baixa renda terá oportunidade de participar de cursos de: Corte e Costura, Informática Básica, Empreendedorismo, Secretariado e muitos outros", destaca Marlene Xavier.

Ainda da linha de capacitação, a secretaria coordena o programa Progredir, por meio qual mais de 80 jovens participam on-line de diversos cursos semi-presenciais e na plataforma do programa, que além de capacitar o cidadão busca vinculá-lo ao mercado de trabalho por meio dos parceiros do município que estão cadastradas no sistema.

Dentre as ações de 2018, também se destacam a criação do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, o qual está regulamentado e apto a receber doações por meio de deduções do imposto de renda de pessoas físicas, multas, condenação judicial e outros. Além disso, foi criado o Coral do Idoso, entregue sede exclusiva para o Conselho Tutelar e reforma e ampliação do CRAS. Dentre os eventos, se destacam a realização do Fórum do Selo UNICEF na Edição 2017-2020, Conferência Regionalizada da Pessoa Idosa  e tradicional Festa das Mães na Praça Ary Valadão, com o sorteio de vários prêmios.


Números

- 30 idosos de baixa renda atendidos com a Carteirinha de Viagem;

- Mais de 90 processos de Benefícios de Prestação Continuada (BPC) realizados e 30% já está recebendo o benefício;

- 327 famílias em extrema pobreza foram beneficiadas com o Programa Bolsa Família e Tarifa Social;

- 178 crianças e adolescentes no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos;

- 120 crianças de 0 a 3 anos de idade e 15 gestantes atendidos pelo Programa Criança Feliz;

- 260 famílias em vulnerabilidade social atendidas no CRAS, por meio do PAIF;

- 90% da escolas do município atendidas pela Campanha contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes realizada anualmente pelo CREAS

- Mais de 8 mil peças de roupas e calçados arrecadados no Projeto Passe a Diante: Tá na Moda ser Solidário, que beneficiou mais de 300 famílias com as doações.

Anexos:Não Existem Anexos cadastrados para esta Noticia.
Video Destaque